Skip to content

Acácia rubra

Dezembro 3, 2012

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Partirei em Dezembro,
quando as acácias brotem do momento
do chão ser todo verde até ao mar.

Partirei como vim – tranquila e igual

Mas levarei no rosto
a lembrança da chuva
e nos cabelos, solta,
uma pétala rubra
que tombe sobre mim quando eu passar.

 

Glória de Sant’Anna in Um Denso Azul Silêncio, 1965 pág.75

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s