Skip to content

NOCTURNO

Novembro 16, 2014

Nas folhas,
uivando,
o vento
é de prata.

De prata
desfeita
sobre as horas
densas.

( Com duendes negros
arrastando poemas. )

 
Glória de Sant’Anna in Música Ausente, pág.73 Edição da Autora – 1954

 

One Comment leave one →
  1. Maria Emilia Gil permalink
    Novembro 16, 2014 8:27 pm

    sentimos sempre uma saudade grande da sua presença fisica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s