Skip to content

AFONSO

Agosto 27, 2015

reconheces as costas africanas
como havendo o soprar de um vento novo
nos ramos velas dessas caravelas
que comandas Diogo

 

e com Antão Gonçalves e Gomes Pires navegas
à cobiça já feita ao Rio do Oiro

 

entras também na frota dos que a Arguim
sugam pelos olhos largos sua fome
o mesmo Antão e o Garcia Homem

 

e frente a Arguim mais um cabo vos cabe
aquele ali Antão o do Resgate

( resgate a quê a quantos muitos negros
trazes para Lisboa por que medos )

– e o Infante em Viseu clama o seu quinto
do lucro dessa gente prisioneira –

ai navegantes das lusas grandes barcas
de que sois capitães e sois negreiros

1444/1445

Glória de Sant’Anna in Não Eram Aves Marinhas, 1988

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: