Saltar para o conteúdo

Novembro 2, 2018

OUTRO DIA

 

Nada se move

na quietude que desce.

 

As hastes

têm atitudes de pedras esculpidas.

E os ângulos

são mais breves: mais mansos

nas paredes erguidas.

 

[…]

 

Glória de Sant’Anna in Distância (p.21) 1951 Lisboa

Agosto 13, 2018

Maio 8, 2018

Março 19, 2018

1.

silêncio Azur sobre as frases

que talham tua figura

[…]

Glória de Sant’Anna in Gritoacanto, 1970-1974

Março 8, 2018

ÉS BURAI SALIHINA

Fevereiro 1, 2018

quando chegaste vinhas
hesitando
como quem corta o vento

não sabendo
se haveria lugar
para o que querias

o sossego da casa
as frases breves
de uma outra língua

mas hoje anos passados
sentas-te ao sol coado
na varanda
lendo o teu alcorão

sem que ninguém te impeça
de seres um dia chefe
e de quereres fazer serviços de homem
para sujar as mãos

 

Glória de Sant’Anna in Algures no Tempo, 2005 (p.24) Edição da autora

GRITOACANTO

Janeiro 4, 2018